Carreira e Maternidade – É possível conciliar?

Borda
Carreira e Maternidade – É possível conciliar?

A maternidade é um momento de grande mudança na vida de uma mulher.

 
Ela nos coloca em contato com diversas questões de nossa história e embora seja muito romantizada em nossa sociedade, é também um momento que traz muitos desafios.
 
Costumo dizer que a maternidade é um momento de renascimento, pois com ela, muitos aspectos de nossa vida anterior são deixados para trás e precisamos começar a assimilar o novo,  afinal de contas, o nascimento de um filho traz com ele uma série de mudanças em nossas vidas, desde as mais simples até as  mais complexos. Creio que as mais significativas ocorrem principalmente no que diz respeito ao tempo disponível e nas escolhas que fazemos:
 
Tempo: ele deixa de ser totalmente nosso e precisamos conciliar nossas necessidades, de sono inclusive, com as necessidades de um novo ser que é totalmente dependente de nós.
 
Priorização de escolhas: Nossas escolhas passam a ser ordenadas pelas necessidades de nossos filhos, não podemos mais escolher apenas por nós e baseados apenas em nossos desejos, precisamos incluir as necessidades e desejos desse novo serzinho que passa a fazer parte de nossas vidas.
 
Para quem nunca parou para pensar a respeito do assunto ou não vivenciou essa situação, talvez nunca tenha se dado conta de quão complexa é a decisão. 
 
Porém essa é uma grande dor para milhares de mulheres que após se tornarem mães, se deparam com muitas barreiras: sejam aquelas impostas pela sociedade e pelo próprio mercado de trabalho, e que muitas vezes não vê com bons olhos as mulheres com filhos (por mais absurdo que isso seja),  como aquelas barreira internas, impostas por nós mesmas, como é o caso da  famosa culpa:
 
Culpa por desejar retomarmos nossa própria vida;
Culpa por ficarmos longe do filho por algumas horas;
Culpa por não acompanharmos todos os passos do desenvolvimento da criança;
 
E por aí vai…
 
A maternidade traz com ela todas essas mudanças, mas traz também a força necessária para que a gente se reinvente. Seja no mercado de trabalho formal ou empreendendo. Inclusive, uma das alternativas que tem movimentado o mercado é o empreendedorismo materno. Você já ouviu falar sobre isso?
Basicamente, o empreendedorismo materno é toda atividade empreendedora gerada por conta da maternidade. Muitas mulheres, retornam aos seus antigos trabalhos após a licença maternidade, porém, todas as questões levantadas acima, tem levado muitas delas a pensarem em seu próprio negócio. É um assunto muito interessante, mas é tema para um próximo post.
 
Para finalizar, o recado que quero deixar aqui, é que independente da escolha que você faça, seja ela de se dedicar integralmente aos cuidados com seus filhos, ou de conciliar a maternidade com a sua vida profissional, o mais importante é que você se apodere de sua escolha, e se livre da culpa. Ser uma boa mãe, requer inclusive que você não abandone os seus desejos e sonhos. Seja Feliz, seja você, não se anule! Uma mãe feliz e realizada, terá condições de exercer a maternidade com mais prazer e consequentemente vai contribuir para gerar um ambiente saudável para o desenvolvimento de uma criança.
 
Se estiver muito difícil tomar algumas decisões sozinha, não hesite em procurar ajuda! Você não está sozinha!
 
Um beijo carinhoso dessa Psicóloga, que também é mãe e já enfrentou todas essas transformações vindas da maternidade!
 

Feliz Dia das Mães!

Curtiu? Compartilhe:

Wave

Contato

Ops! Verifique os campos marcados e tente novamente.
Obrigado! Seu contato foi enviado com sucesso.
Agende
Fácil

UNIDADE TORRES

(51) 3626-2936 (51) 98119 – 0002
R. Bento Gonçalves, 165/715 – Centro
SER Saúde Integrada
Agende
Fácil

UNIDADE CAPÃO DA CANOA

(51) 3626-2936 (51) 98119 – 0002
Rua Ararigbóia, 634 – Centro
Guerra Medicina Integrada
Wave